Um cabra da peste em Barcelona

Estive em Barcelona para fazer um estágio internacional do Doutorado, como pesquisador convidado na Universitat Autònoma de Barcelona. Aqui vou fazer relatos desta experiência, tanto acadêmica como extra-acadêmica para que meus amigos possam acompanhar o trajeto que realizei durante estes quase cinco meses. (Veja também www.fotolog.net/juciano)

sexta-feira, outubro 28, 2005

Ainda sobre Portugal

Aqui falo novamente de Portugal, onde estive em Aveiro, lugar do congresso da Sopcom (Sociedade Portuguesa de Pesquisadores em Comunicação), em cidade do Porto, nas margens do Rio Douro, aquele que nutre as vinhas dos famosos vinhos do Porto, com seu teor alcoólico de 20%. E na agradável Braga, sede da Universidade do Minho, onde também se encontra a cruz da primeira missa celebrada no Brasil.

O transporte
Retomo essa passagem por ter gostado muito da cidade e do carinho da comunidade local. Todas as informaçções que necessitei, tive. O transporte público é muito bom. Os trens suburbanos (ou comboios para os portugueses) ligam Braga, Porto, Aveiro, Lisboa, Coimbra com facilidade. São espaçosos e pràticos. No Brasil, privilegiamos os ônibus (eles os chamam de autocarro), enquanto as viagens de trem são muito mais confortáveis e estáveis. Afinal, são decisões de políticas de transporte.

O congresso da Sopcom
O Congresso da Sopcom foi interessante pois pude perceber a dimensão da pesquisa em Comunicação no Brasil. Aqui, pelas dimensões há bem menos cursos de comunicação e de pós-graduação em Comunicação, assim, o número de participantes passa longe dos mais de seis mil que participam da Intercom a cada ano. Ao mesmo tempo, pude perceber que muitos brasileiros vieram em busca do doutorado em Portugal e que não é complicado estudar e conseguir bolsa. Há espaços não ocupados pelos portugueses, por motivos agora que não saberia explicar. Pude também perceber como o Brasil é importante para que Portugal tenha se estabelecido como espaço de produção do conhecimento, no aspecto da língua. Segundo o professor doutor Antonio Fidalgo, da Universidade da Beira Interior, Portugal não é colônia intelectual da Espanha, enquanto presença do conhecimento em língua portuguesa, por causa da grande presença do conhecimento brasileiro na web. Muito do que é publicado na Biblioteca On Line de Ciências da Comunicação (www.bocc.ubi.pt) vem de pesquisadores brasileiros. Os pesquisadores portugueses também estão rediscutindo o modelo do congresso. Nos grupos de trabalho, tínhamos muitas apresentações e não houve tempo para debates, para interlocução com os participantes. Assim, as trocas aconteciam nos intervalos, que foram muito ricos. precisamos avaliar melhor, inclusive, as conferências principais, para que de fato sejam produtivas. Nos últimos anos, tenho me decepcionado com as conferências dos congressoa e agora, parece-me, o modelo de grupos de trabalho também entra em perigeu. Vamos ver! Bem, um beijo para quem é de beijo, um abraço para quem é de abraço e, a pedido do Meira, muito sexo para quem é de sexo!

3 Comments:

Anonymous Gabi Zimmermann said...

Oi, Juci!!! Nossa, fiquei muito feliz em saber q vc estava montando esse Blog, assim podemos participar um pouquinho dessa sua viagem dos sonhos!!!! Conte mais coisa, quero saber de tudo por aí, e quem sabe vc não faz dessa experência um livro??? Bjs mil, Gabi

9:10 PM  
Blogger Juciano Lacerda said...

Gabi, que bom te encontrar por aqui. Um grande beijo e visita o www.fotolog.net/juciano

2:58 PM  
Anonymous Rona said...

Ola..Estive em busca de informações sobre mestrado em comunicação em Barcelona e caí no seu blog...Desde ja te digo que achei super interessante e tmb divertido...Estou fazendo Pós Graduação em comunicação estratégica em Lisboa e se uder gostaria de poder falar com vc no msn...O meu endereço é o ronacavalcanti@hotmail.com

12:36 AM  

Postar um comentário

<< Home